Soccer News

Futebol e Jogos você encontra aqui!
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Na despedida, Tricolor encara pressão e tabu diante do Furac

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Math
Administrador
Administrador


Mensagens : 114
Data de inscrição : 30/11/2007
Idade : 24
Localização : Chopinzinho-PR

MensagemAssunto: Na despedida, Tricolor encara pressão e tabu diante do Furac   Dom Dez 02, 2007 12:24 pm

O confronto deste domingo entre São Paulo e Atlético-PR não tem grande valor para a classificação do Campeonato Brasileiro. Porém, a partida marcada para a Arena da Baixada, a partir das 16 horas (de Brasília), conta com ingredientes que podem deixar o embate acirrado, já que as duas equipes são rivais nos bastidores.
Depois de um período sem rusgas, as diretorias de São Paulo e Atlético-PR voltaram a trocar farpas por causa da transferência do atacante Dagoberto para o Morumbi. Preocupado, o Tricolor poupou o jogador, além do centroavante Aloísio, da viagem a Curitiba. Para completar, o time paulista luta contra uma escrita: nunca venceu o adversário em jogos disputados na Arena da Baixada (em um total de oito confrontos).

Sem dar importância aos problemas externas, o técnico Muricy Ramalho espera que seu time mantenha a seriedade na despedida da temporada. “É um compromisso complicado, o ano praticamente acabou. Temos esse jogo sem a presença de jogadores importantes. Até por isso, ninguém saiu antecipadamente de férias”, afirma o treinador.

Durante a semana, a prioridade do São Paulo foi realizar os exames cardíacos da temporada 2008. A meta é ganhar tempo para priorizar os treinos físicos na volta das férias. “Ganhamos de quatro a cinco dias e saímos na frente para o ano que vem”, comemora Muricy Ramalho.

Junto com Aloísio e Dagoberto, o goleiro Rogério Ceni também será poupado pelo São Paulo em Curitiba. Os outros desfalques são o zagueiro André Dias, o volante Hernanes e o meia Souza, suspensos.

A falta de opções fez Muricy Ramalho relacionar três jogadores da equipe de juniores para o banco de reservas, o zagueiro Aislan, o volante Serginho e o atacante Eric. No time titular, destaque para o zagueiro Danilo Silva, que volta a ter uma chance depois da expulsão diante do Juventude.

“No treino, o Danilo teve uma boa atuação. Nós o colocamos do lado direito da zaga, que é a posição que ele está mais acostumado a jogar”, ressalta Muricy Ramalho, confiando no bom desempenho do atleta.

No adversário tricolor, os desfalques também são realidade. O técnico Ney Franco não poderá contar com três titulares do Atlético-PR para a partida, todos suspensos pelo terceiro cartão amarelo recebido na derrota para o Flamengo, no Maracanã. O volante Claiton, o meia colombiano Ferreira, que está na mira do Fluminense, e o atacante Alex Mineiro, que já deixou o clube, ficam fora da partida decisiva.

Porém, o treinador confia nos substitutos, que estão praticamente definidos, para assegurar o time na Copa Sul-americana. “Temos jogadores a altura para substituir as ausências no ataque e no meio. Acho que vamos entrar com um bom time para vencer, garantir a vaga e fechar o ano com vitória”, afirma o comandante atleticano, que está invicto em casa desde que assumiu a equipe.

No meio-campo, Alan Bahia é o substituto natural e deverá fechar o setor com o colombiano Valência. No ataque, Marcelo Ramos terá uma nova chance de quebrar o jejum de mais de dois meses sem balançar as redes. Seu companheiro será Taílson, enquanto Vinícius assume o gol no lugar de Viáfara.

Matematicamente ainda restam quatro vagas para a Copa Sul-americana, com seis clubes na briga. Por isso, além de derrotar o campeão brasileiro, o Furacão ainda tem que secar Botafogo, Figueirense, Vasco, Sport e Atlético-MG. Porém, alguns confrontos diretos, além das brigas para fugir do rebaixamento e para alcançar a última vaga na Libertadores, podem favorecer o time da Baixada.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR X SÃO PAULO

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 2 de dezembro de 2007, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Gaciba da Silva (Fifa-RS)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e José Antonio Chaves Franco Filho (RS)

ATLÉTICO-PR: Vinícius; Jancarlos, Danilo, Antônio Carlos e Michel; Valencia, Alan Bahia, Evandro e Netinho; Taílson e Marcelo Ramos
Técnico: Ney Franco

SÃO PAULO: Bosco; Danilo Silva, Breno e Miranda; Leandro, Richarlyson, Fernando, Jorge Wagner e Júnior; Diego Tardelli e Borges
Técnico: Muricy Ramalho


ge.net
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://soccernews.goo-dole.com
 
Na despedida, Tricolor encara pressão e tabu diante do Furac
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» PNEUS - PRESSÕES CORRECTAS POR MODELO DA MOTA
» Tomada de pressão de óleo
» Pressão dos Pneus da Ecosport
» Pressão Pneu - Qual usar?
» Pressão no tanque de gasolina

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Soccer News :: Futebol :: Futebol Nacional-
Ir para: